Olhos nos Olhos
Thursday, July 30, 2020
 
Um livro

não pode  simplesmente distrair-nos.

É necessário um saldo final que nos comprometa com a vida.

Que nos perturbe.


Vergilio Ferreira
Conta corrente
 
Tuesday, July 21, 2020
 
a propósito de Ivo Rosa, dito juíz 


" De onde chega esta figura,

disposta ao ridículo de se ver desautorizada por 14 vezes na Relação ?

Para onde irá, depois de lançar tamanho descrédito na justiça ?

Se Ivo Rosa visse um corrupto de pistola fumegante em punho

julgaria uma nova forma de acender cigarros "



Octávio Ribeiro
www.sabado.pt
16.7.2020
 
Thursday, July 16, 2020
 
as lágrimas por Mexia e o juíz Carlos Alexandre :


https://www.pressreader.com/portugal/sabado/20200716/281582357934961
 
Wednesday, July 01, 2020
 
Amália
( 1.7.1920 )


divina cantora (e autora ) ... ... ...  da palavra  do fado



https://www.youtube.com/watch?v=dKvcm2QV9tA

https://www.youtube.com/watch?v=NMLUxxjSVMs

https://www.youtube.com/watch?v=5SQChoCxL0Q

https://www.youtube.com/watch?v=5G77cgxXKA8

https://www.youtube.com/watch?v=BjT8SlVQJ0Y
 
Friday, June 19, 2020
 
racismo ? ? ?

https://www.youtube.com/watch?v=rU-0RP4UGoM
 
Friday, June 12, 2020
 
racismo ???


https://www.youtube.com/watch?v=GrDHCxXF318
 
Wednesday, April 29, 2020
 
sair do ambiente viral e entrar noutra atmosfera !!!


https://www.youtube.com/watch?v=xHBI-oxRE6M



 
Sunday, April 26, 2020
 
equívocos


que abril festejam comunistas e maoistas ?

que abril festejam os que dependem da política ?


 
Sunday, April 19, 2020
 
covid

a explicação de um prémio  nobel


https://www.youtube.com/watch?v=kccOPIFi7Is
 
Saturday, April 18, 2020
 
covid

outra abordagem científica :


https://www.youtube.com/watch?time_continue=6&v=BDQJw5FqgY4&feature=emb_logo
 
Tuesday, April 14, 2020
 
covid

a informação serena e eficaz no japão.

terapêutica experimental com bons resultados:

- avigan

- alvesco

- kaletra

remdesivir

(embora, com mais ou menos efeitos secundários)


https://www.rtp.pt/play/p7121/e466821/covid-19-combater-a-pandemia
 
 
covid

apesar da falta de contraditório, é elucidativo . . .


https://www.youtube.com/watch?time_continue=26&v=3bXWGxhd7ic&feature=emb_logo
 
Tuesday, April 07, 2020
 
sobre a pandemia covid-19


insuportável cansaço das intervenções de políticos, jornalistas, militares, cientistas de pacotilha,e das incompetentes ministra da saúde e diretora da dgs.

a vez e a voz para a (possível) verdade científica :

https://www.sistemampa.com.br/noticias/saude/coronavirus/artigo-saiba-mais-sobre-o-coronavirus-por-luiz-augusto-vassoler/


 
Sunday, February 09, 2020
 
percurso da amizade:

um roteiro de sinceridade  ... ... ... justa.


 
Monday, December 09, 2019
 
que bem que sabe no paladar do ouvido !



https://www.youtube.com/watch?v=YpsQOcjALGE



 
Thursday, December 05, 2019
 
Francisco Sá Carneiro
(19.7.34 - 4.12.1980)
 
 . . . eu sou do tamanho do que vejo
e não do tamanho da minha altura . . .( Alberto Caeiro )
 
 
http://videos.sapo.pt/nuwOKZWFjlzEnzSBBpYd?fbclid=IwAR1630k6iVJEt47kkAiYM-xnvNE_jVa8IANrju0CXRry8voFcwWk8hocK_8
 
Saturday, November 30, 2019
 
por dentro - por fora

 não feliz
 bem disposto
 
Sunday, November 17, 2019
 
fado&piano

Camões na boca de Camané e nas mãos de Mário Laginha 
 
 
https://www.youtube.com/watch?v=EM008zcvKg0&spfreload=5
 

 
Sunday, October 06, 2019
 
Amália
(1.7.1920 - 6.10.1999)

voz divina de uma portugalidade de outrora



https://www.youtube.com/watch?v=1YriVM8sC7M

https://www.youtube.com/watch?v=5G77cgxXKA8

https://www.youtube.com/watch?v=NMLUxxjSVMs

https://www.youtube.com/watch?v=dKvcm2QV9tA

https://www.youtube.com/watch?v=TP4BnfUm0eI

https://www.youtube.com/watch?v=5SQChoCxL0Q


https://www.youtube.com/watch?v=j2LBV_tY3Wo
 
 
Monday, August 26, 2019
 
 mar
 
dar banho ao olhar
na piscina de deus.
 
saborear o banquete azul.
 
vestir a nudez
com um abraço líquido.
 
brindar ao laço dos corpos
na areia lambida pelo champanhe das ondas.
 
Tuesday, July 09, 2019
 
love story
 
 sossego auditivo desassossego visual ...
 
https://www.youtube.com/watch?v=lko-lP4FXQs
 
 

 
Monday, June 17, 2019
 
o banal  num traço de escrita  elegante :
 
 
... ... ...  enquanto eu,  mais para lá do que para cá,
embrulhado num sonho confuso ... ... ... estendia a mão livre,
ainda não inteiramente minha, em busca das horas na cabeceira,
que é onde as deixo ao deitar-me depois de tirar o tempo do pulso ... ... ...
 
 
 
A.Lobo Antunes
A Última Porta Antes da Noite
ed.dquixote
.
 
Thursday, June 13, 2019
 
Fernando Pessoa
13.6.1888 - 30.11.1935
 
Não sei quantas almas tenho.
Cada momento mudei.
Continuamente me estranho.
Nunca me vi nem achei.
De tanto ser, só tenho alma.
Quem tem alma não tem calma.
... ... ...
... ... ...
 
Novas Poesias Inéditas
Ática,4ªed.1993.p.48
 

 
Monday, June 03, 2019
 
Agustina Bessa-Luís  por  A. Lobo Antunes
 
 
https://expresso.pt/cultura/2019-06-03-Sabes-filho-estive-a-pensar-devia-ter-casado-com-o-Camilo-ou-contigo-Agustina-por-Antonio-Lobo-Antunes-1
 
Tuesday, May 28, 2019
 
as vitórias na aparência e as descaradas mentiras na substância
 
com uma abstenção de 68,89 % ( excluídos 4,25 % de brancos e 2,68% de nulos)temos:
 
- PS cerca de 10% dos eleitores a favor
- PSD cerca de 6,8% dos eleitores a favor
-BE cerca de 3% dos eleitores a favor
-CDU cerca de 2% dos eleitores a favor
- CDS cerca de 1,9% dos eleitores a favor
-PAN cerca de 1,5% dos eleitores a favor
 
https://www.publico.pt/europeias-2019/resultados
 
Monday, May 27, 2019
 
 vida tão só              vida tão estranha
a gente vive na mentira          já não dá conta do que sente
 
 
https://www.youtube.com/watch?v=joKcK4D6PGo
 
Tuesday, May 07, 2019
 
a alma a dar sentido ao corpo :
 
https://www.youtube.com/watch?v=KXCiLub8DZg
 
Monday, April 29, 2019
 

nada pior que um espírito amputado ... ... ...  não há prótese para isso
 
 
https://www.youtube.com/watch?v=R4tZkt8RIpE
 
Sunday, April 28, 2019
 
Salazar
( 28 abril 1889 - 27 julho 1970)

apesar dos pesares ... honesto, coerente , modesto, culto , inteligente ...
 
 
https://www.youtube.com/watch?v=XLZ-IEi7poE
 
https://www.youtube.com/watch?v=hHWtZtXHkq8
 
https://www.youtube.com/watch?v=6-OJYGTX5uA


...  ... ...  um esclarecido anti-comunista e não fascista:


 
 
 o milagre dos cravos

https://observador.pt/opiniao/o-milagre-dos-cravos/
 
Thursday, April 25, 2019
 
contra a maré negra de certos abrileiros 
 
 
https://www.facebook.com/Liberalum/videos/1035432193272145/?t=50

 
 
Tuesday, April 16, 2019
 
por dentro
 
preciso da alma para dar sentido ao corpo
 
Tuesday, April 09, 2019
 
térmicos ...  elétricos  ... ?
 

" o mundo é louco. O facto de as autoridades nos terem pedido para ir numa direção tecnológica, a do veículo elétrico, é um grande ponto de viragem. Não gostaria que daqui a 30 anos se descobrisse algo que não é tão bonito como parece, sobre a reciclagem de baterias, a utilização de matérias raras do planeta, sobre as emissões eletromagnéticas da bateria em situação de recarga? Como é que vamos produzir mais energia elétrica limpa? Como fazer para que a pegada de carbono do fabrico de uma bateria do veículo elétrico não seja um desastre ecológico? Como assegurar que a reciclagem de uma bateria não seja um desastre ecológico? Como encontrar suficiente matéria-prima rara para fazer as pilhas e os químicos das baterias na duração? Quem trata a questão da mobilidade própria na sua globalidade? Quem está agora a colocar-se a questão de forma suficientemente ampla de um ponto de vista social para ter em conta todos estes parâmetros? Preocupo-me como cidadão, porque, como fabricante de automóveis, não sou audível.   .... ... ...
 
https://blog.lusofonias.net/wp-content/uploads/2018/03/a-fraude-dos-carros-el%C3%A9tricos-e-co2.pdf
 
Tuesday, April 02, 2019
 
ti voglio tanto tanto  bene  sai  ... ...
 
https://www.youtube.com/watch?v=69tobnadCSg
 
Friday, December 07, 2018
 
Carta ao Pai
.... ... ... 
 
Tens também um sorriso particularmente bonito e que poucas vezes se deixa ver,
 
 tranquilo, satisfeito, aprovador, capaz de deixar muitíssimo feliz a pessoa a quem se
 
 destina. Não sou capaz de me lembrar se, na minha infância, me teria sido
 
expressamente reservado, mas pode ter acontecido, pois por que razão haverias de mo
 
 ter recusado nessa altura em que eu ainda era inocente aos teus olhos e constituía a tua
 
 grande esperança ?
... ... ... ... 
 
Franz Kafka

 
Saturday, November 10, 2018
 
moldura sonora para um certo silêncio cantado ...
 
 
https://www.youtube.com/watch?v=lYojlzPRrGM
 
Saturday, November 03, 2018
 
estranha e inédita peregrinação interior, com frei Bento Domingues
 
 " não vou a cemitérios porque não está lá ninguém "
 
 
citação de A.Lobo Antunes
Deus ,Visão 16.8.16

 
Sunday, June 10, 2018
 
por dentro
 
 
...   o que mais custa a suportar não é a derrota ou o triunfo,
 
mas o tédio, o fastio, o cansaço, o desencorajamento.
 
Vencer ou ser vencido não é um limite.
 
O limite é estar farto.
 
 
Vergílio Ferreira
Conta-Corrente 5
 

 
Tuesday, April 17, 2018
 
embalo da alma no refúgio do fado nosso
 
 
 
https://www.youtube.com/watch?v=cHcJPI6T6eQ
 
Sunday, April 15, 2018
 
 lula e quejandos :
 
 
https://observador.pt/opiniao/cronica-sobre-uma-cronica-sobre-o-sr-lula/
 
Thursday, April 12, 2018
 
a maior desgraça de uma nação pobre :
 
em vez de produzir riqueza, produz ricos.
mas ricos sem riqueza.
na realidade, melhor seria chamá-los não de ricos mas de endinheirados.
rico é quem possui meios de produção.
rico é quem gera dinheiro e dá emprego.
endinheirado é quem simplesmente tem dinheiro.
ou que pensa que tem.
porque, na realidade, o dinheiro é que o tem a ele.
...  ... ... ...
Mia Couto
Pensatempos
 
Monday, April 02, 2018
 
páscoa agnóstica
 
 
na íntima procura de um " Deus " que não seja um acaso geográfico ... ... ...
 
Wednesday, March 28, 2018
 
tu
 
quantas vezes, uma forma de tratamento falsamente próxima ... ... ...
Monday, March 12, 2018
 
laços
 
  a amizade homem-mulher pressupõe alguma antipatia física ... ... ...
 
 
Saturday, February 24, 2018
 
por dentro
 
Nós
 
Não precisávamos de falar. Como ele dizia
– Tu sabes sempre o que eu estou a pensar e eu sei sempre o que tu estás a pensar
mas muito pouco tempo antes de morrer veio ter comigo e passámos a tarde juntos, sentados lado a lado no sofá. Foi ele quem falou quase sempre, eu pouco abri a boca.
Mostrou-me os braços, o corpo
– Estou miserável
sabia que ia morrer dali a nada e comportou-se com a extraordinária coragem do costume. Coragem, dignidade e pudor. A certa altura
– Para onde queres ir quando morreres?
respondi
– Para os Jerónimos, naturalmente.
Ficou uns minutos calado e depois
– Tu acreditas na eternidade.
Disse-lhe
– Tu também.
Novo silêncio.
– Eu quero ser cremado e que ponham as cinzas na serra, voltado para a Praia das Maçãs.
Novo silêncio. A seguir
– Vou morrer primeiro que tu. Vou morrer agora.
Mais silêncio. Eu
– Ganhei-te outra vez.
ele
– É.
Ele
Ganhamos sempre os dois.
Eu
– Porque é que a gente gosta tanto um do outro?
Ele silêncio antes de
– Se me voltas a falar de amor vou-me embora.
eu
– Sabes onde é a porta.
Mas não voltámos a falar de amor. Para quê? Estava ali todo. Depois quis ver os livros
– Para aí vinte mil, não?
eu
– Mais ou menos, incluindo os muitos que encontrei numa livraria de segunda mão, assinados por ti.

Silêncio. Eu
– Não podia suportar a ideia de que outras pessoas tivessem em casa os livros do meu irmão.
Gesto vago. Depois ele
– António
e silêncio, depois eu
– João
e silêncio. Ou seja um diálogo de amor compridíssimo. Depois
– Se os pais cá estivessem
e esta frase fez-me compreender melhor a sua imensa dor. A mãe para quem a inteligência, num homem, era a forma suprema de sensualidade. E um rabo grande a coisa mais feia deste mundo. Um homem inteligente, na sua opinião, era atraentíssimo.
– Um homem bonito e estúpido ao fim de um quarto de hora não existe
e ainda bem porque, assim, talvez tenhamos algumas chances com ela. A mãe, ainda
– Desafio qualquer mulher no mundo a ter filhos tão inteligentes como os meus.
E ele continuou a falar:
– Depois eu fui para Nova Iorque e tu para África.
Numa altura, depois de África, em que ele estava a sofrer muito meti-me num avião e fui para casa dele. Durante o dia ele trabalhava no hospital e eu ficava às voltas com o Fado Alexandrino. Depois jantávamos juntos e comíamos uns gelados enormes que ele trazia a vermos os play-offs do basquete.
Um de nós
– E jogam com humor
o que é tão raro no desporto. Aos sábados um bocado numa discoteca. Camisas cheias de baton. A certa altura olhou, do sofá, para a estante mais próxima: Um livro de Marcel Pagnol. Ele
– A nossa infância toda.
E eu com vontade de tocar-lhe. Claro que não toquei. As suas mãos, que conhecia tão bem, poisadas nos joelhos. Embora impassíveis estávamos demasiado emocionados.
Ele
– De qualquer modo não nos perdemos um ao outro
eu, depois de um silêncio compridíssimo
– Nunca nos perdemos, não é agora que isso vai acontecer.
Ele
– Vou chamar um taxi.
Silêncio.
Ele
– Acompanhas-me lá abaixo?
Entre a casa e a rua uma distância grande. Era o fim do dia, já não estava muito sol. O taxi à espera no passeio. O chofer, a quem ele operara a mãe, veio abrir-lhe a porta do carro. Ele voltou-se para mim e disse o meu nome. Eu aproximei-me dele e disse o seu. Abraçámo-nos com muita força e, de repente, começou a chorar. Só sentia ossos nas minhas mãos. Mas nada de mariquices, claro, sobretudo nada de mariquices.
Ele
– Não digas a ninguém que chorei.
E sentou-se no banco ao lado do chofer, sem olhar para mim. Não olhámos um para o outro, aliás, mas nunca nos vimos tão bem. O carro foi-se embora. Fiquei na borda do passeio até que desapareceu. E então, de mãos nos bolsos, voltei para casa. Nunca houve um abraço assim no mundo.

A.Lobo Antunes

 
Sunday, February 11, 2018
 
crueldade na matriz feminina :
 
 
https://www.youtube.com/watch?v=DSHMESTFIwY
 
(uma causa para as estrelas de Hollywood e equiparadas "vitímas de  assédio")
 
Tuesday, January 02, 2018
 
um degrau para o céu !
 
 
https://www.youtube.com/watch?v=Jhw8dw-Ejdg
 
Thursday, December 28, 2017
 
um cansaço, um nojo trágico ...
 
 
https://www.facebook.com/ObservadorOnTime/videos/10213454617271885/?fref=mentions
 
Monday, November 20, 2017
 
destinos (românticos) de outrora
 
ele deixará o escritório.
ela abandonará a escrita.
e, se deus quiser, ambos morrerão de outra fome.
 
Thursday, October 19, 2017
 
por dentro ...
 
 
aprende-se, com a dor da alma, o que a felicidade não ensina
 

 
Friday, October 06, 2017
 
quantos silêncios
 
 
esperam ser ouvidos ? 
 
Monday, July 24, 2017
 
delicadeza ...
 
 
 a pontualidade é chegarmos juntos
 
 
 
Marcello Duarte Mathias
Brevíssimo Inventário

 
Monday, July 10, 2017
 
um pedaço de história vivida e contada assim :
 
 
https://www.youtube.com/watch?v=ldAZall6XFI
 
Friday, June 16, 2017
 
 
não comenta ?
 
comentar o nada é dar-lhe existência.
 
Thursday, June 01, 2017
 
um vazio assim:
 
 
Espero, espero, mas o quê ?
 
A embriaguez de um momento
 
seguida de um vazio infinito.
 
A  minha sina foi sempre esta:
 
nunca matar a sede, enganá-la.
 
 
 
M. Torga (diário XII,coimbra, p.90 )
 
Sunday, April 30, 2017
 
na verdade,
 
o que acontece  na infância,
não fica na infância ... ... ...
 
Tuesday, March 07, 2017
 
amar pelos dois ...
 
o triunfo da melodia e do singelo,
sobre os ruídos sonoros e coreográficos !
 
https://www.youtube.com/watch?v=EJ8vnzQBjnI
 
Sunday, December 11, 2016
 
o guia michelin é um insulto à cozinha portuguesa !
 
 
Estamos na época dos prémios e das galas. Há prémios para todos os gostos e galas para os apresentar com grande aparato. Galas para os prémios de cinema, para os prémios de literatura, para os prémios de jornalismo, para os prémios de futebol, para os prémios de restaurantes, etc. Uma fartura.
 
Há duas semanas realizou-se em Espanha uma gala para anunciar as estrelas Michelin 2017. Não me lembro de que as estrelas fossem anunciadas numa cerimónia pública – mas admito que tenha andado desatento. O certo é que esta gala teve para nós, portugueses, significado especial, pois vamos ter 26 estrelas Michelin no próximo ano: 5 restaurantes com duas, e 16 com uma.

Portugal encheu-se de orgulho. Mas não nos precipitemos: entre os 21 restaurantes contemplados não há um único que sirva cozinha tradicional portuguesa. Aliás, entre os 20 chefs distinguidos, há 6 estrangeiros: Benoit Sinthon, Hans Neur, Dieter Koschina, Joachim Koerper, Miguel Laffan, Willie Wurger e Sergi Arola.

Apesar de Bruno Martins dizer no último B.I. que «a identidade de cada país parece ter ganho importância aos olhos dos inspetores do Guia Michelin», eu penso exatamente o contrário. Os inspetores do Michelin desprezam olimpicamente a identidade de cada país.

Conheço alguns restaurantes premiados com estrelas e devo dizer que não guardo de nenhum deles boas recordações.

 Num, serviram-me como sopa um caldo incolor com um fígado de pato a boiar. O líquido não tinha qualquer sabor e pensei que o segredo estaria no fígado. Meti-o na boca, trinquei-o, mastiguei-o, mas aquilo parecia sola de pneu. Por mais que fizesse não consegui destruí-lo. Como era um jantar de cerimónia, não podia devolver o fígado ao prato. Engoli-o então inteiro e tive uma sensação horrível: pensei que ia sufocar. Vi-me aflito – mas finalmente o fígado lá passou pela garganta, qual Cabo das Tormentas, e pude sossegar.

Noutro restaurante premiado pedi um borrego assado. Veio uma pasta apresentada como se fosse um pudim, feita numa forma, colocada no centro do prato. Julgo que era carne de borrego desfiada aglutinada com uma matéria que não identifiquei. Em cima do ‘pudim’, dois pedacinhos mínimos de borrego mal passados e um pé de hortelã a enfeitar.

Noutro restaurante de nouvelle cuisine – este não premiado – pedi um caldo verde, que aliás estranhei ver na lista. Trouxeram-me o dito, acrescentando que depois viria o chouriço. Qual não é o meu espanto quando se aproxima uma empregada com uma lata de spray na mão e deita um esguicho para dentro do prato. De facto sabia a chouriço. Mas com franqueza, um chouriço em spray…

Nestes restaurantes, antes da refeição, vem geralmente um empregado apresentar uma ‘sopa’ com grande pormenor. Após cinco minutos de conversa, põe à nossa frente um dedal – rigorosamente um dedal – com um líquido que mal conseguimos saborear mas que, de acordo com as boas maneiras, temos de dizer que é bom.

Portugal tem uma cozinha riquíssima, das melhores do mundo.

E não digo isto por patrioteirismo. Vivi em França vários períodos e conheço boa parte da Europa, estive no Japão, estive na Índia, estive no Paquistão, estive em Macau, estive na Costa Leste e Oeste dos EUA, estive no Norte de África e no Sul de África, estive no Brasil – e experimentei muitas cozinhas. E digo: a cozinha portuguesa é excecional. É muito variada – tem marisco, tem peixe, tem carne – e é muito inventiva. Basta ver as 100 maneiras de cozinhar bacalhau. Temos pratos cozidos, fritos, grelhados, guisados, assados no forno… Temos legumes que proporcionam excelentes saladas frescas. Ora, com isto, será normal que os inspetores da Michelin venham cá e só premeiem a nouvelle cuisine, a cozinha francesa, muito sofisticada mas muito menos genuína e variada do que a nossa?

É certo que são franceses – mas o Guia não pretende ser universal? Ou é um guia para franceses em viagem pelo estrangeiro?

Peço desculpa, pela afirmação, mas: o Guia Michelin é um insulto à nossa cozinha. Alguns restaurantes que conheço e servem ótima cozinha portuguesa – O Polícia, o Gambrinus, o Solar dos Presuntos ou o Pabe em Lisboa, o Porto de Santa Maria no Guincho, o Fialho, a Tasquinha do Oliveira ou o Botequim da Mouraria em Évora, a Maria no Alandroal, o Xana na Aldeia da Serra (Redondo), o Isaías em Estremoz, a Bolota na Terrugem (Elvas), o Capelo ou o Baixa-Mar em Santa Luzia (Tavira) – são pura e simplesmente desprezados pelos inspetores.
Para já não falar no Gigi, da Quinta do Lago, onde nunca fui mas que já me ofereceu inigualáveis iguarias na sua casa de Lisboa

Mas o Guia Michelin nem é bom para os franceses. Quando eles vêm cá, o que querem: conhecer a cozinha portuguesa ou comer a comida francesa que conhecem de ginjeira?

Julgo que os portugueses, em vez de exultarem com as 26 estrelas Michelin, deviam desprezar este guia – que nos despreza. Com a marca Michelin, bons só são os pneus.

J.A.Saraiva
Sol 7.12.06

 
Sunday, July 31, 2016
 
por dentro
 
gosto de alguém em quem
 
" a sensibilidade se confunde com a inteligência,
para formar uma terceira faculdade da alma,
infiel às definições "
 
 

F.Pessoa
(a propósito de
Luiz de Montalvor,
fundador da editora
Ática)

 
Monday, June 13, 2016
 
....   ......  la bohême   ... ...   la bohême .... ....
 
que bem que sabe ao paladar do ouvido e da alma, assim :
 
https://www.youtube.com/watch?v=Oj-3hk2L7MQ
 
e assim :
 
https://www.youtube.com/watch?v=ZAinaET8NlQ
 
merci   Monsieur  Aznavour !
 
 
Tuesday, April 26, 2016
 
 
la musica ...  la vita  ...  !!!
 
 
http://spettacoli.tiscali.it/video/detail/?id=277876
 
Monday, February 29, 2016
 
da vida e da morte ... ...
 
... lembro-me de ser criança e ver a minha mãe a dançar o charleston, sozinha, sem música, e eu encantado a vê-la. Era pequenina, bonita, parecia uma miúda, se íamos ao restaurante sozinhos com ela o empregado a recolher-lhe a ementa depois dela dizer o seu prato perguntava
 
- e para os irmãos da menina ?
 
Quando a minha mãe estava morta na igreja e os filhos por ali esperei que entrasse um empregado de lacinho e colete às riscas inclinando-se para o caixão
 
- e para os irmãos da menina ?
 
Mas não veio nenhum. Só gente de olhos pesados ... ... ... com apertos de mão graves e sérios, que nunca a viram dançar o charleston.
 
A.Lobo Antunes,Visão,18.02.16
 
Wednesday, January 20, 2016
 
  ... ...  e a vida a navegar por entre o sonho e a mágoa  ... ...
 
https://www.youtube.com/watch?v=T1G0siH6FbQ
 
 
 
Monday, October 12, 2015
 
por dentro
 
... ... ...  este estar onde não estou  ... .... ...
 
Saturday, September 19, 2015
 
Bom  Direito :
 
http://observador.pt/2015/09/18/gravacoes-secretas-zeinal-ex-gestores-da-pt-aceites-prova/
 
Thursday, April 30, 2015
 
por dentro . . .
 
Enquanto não atravessarmos a dor da nossa própria solidão,
continuaremos a buscar-nos em outras metades.
Para viver a dois, antes, é necessário ser um.
 
Pessoa ?
 
Monday, March 30, 2015
 
um canto de Portugal Primavera
 
 
http://azenha.wix.com/casasdaazenha
 
Tuesday, March 17, 2015
 
um outro olhar  Portugal
 
https://www.youtube.com/watch?v=jUd-_WkFd7I#t=18
 
Monday, March 02, 2015
 
nocturno  ... ... ...
 
https://www.youtube.com/watch?v=YGRO05WcNDk
 
                                                                                                                                                                         Chopin
(01.3.1810 - 17.10.1849)
 
Saturday, January 17, 2015
 
Miguel Torga
(12.08.1907 -17.01.1995)

                                                     ... ... pego na pena com o escrúpulo com que pego no bisturi.
                                                                (...)


Não é uma boa prosa que ambiciono, mas sim uma
claridade gráfica.
 
Gostaria de restituir às palavras a alma que lhes roubaram, e que a língua tivesse nas minhas mãos, além da graça  possivel, uma dignidade insofismável. 
(...)
 
Que cada frase, em vez de um habilidoso disfarce, fosse  uma     sedução e um acto.
 
Uma sedução sem condescendências, e um acto sem
subterfúgios.

Para tanto, limpo-a escrupolosamente de todas as
impurezas e ambiguidades, na porfiada esperança de que
a sua claridade se veja e se entenda.

E a vejam e entendam, sobretudo, os que não são
profissionais da literatura.
(...)
Diário Vlll-1958
 
Saturday, January 03, 2015
 
quem me quiser
 
quem me quiser há-de saber as conchas
as cantigas dos búzios e do mar.
quem me quiser há-de saber as ondas
e a verde tentação de naufragar.

quem me quiser há-de saber a espuma
em que sou turbilhão, subitamente
ou então não saber coisa nenhuma
e embalar-me ao peito, simplesmente.
... ... ...
António Pelarigo (Rosa Lobato Faria/José Cid)
            https://www.youtube.com/watch?v=-dpmDxfoFPo
 
Monday, December 29, 2014
 
natal sem pai natal ...
 
" É tão grande a diferença entre o Natal do Menino Jesus e o Natal dos Pais Natal.
É a diferença entre o sentimento e o objeto, entre a afetividade e a aquisição, entre a generosidade e o interesse.
É sobretudo, a diferença entre o despojamento da verdade anunciada e a maior operação de marketing de cada ano que passa."

 
José Luís Seixas
Destak, 18.12.2013
 

 
Wednesday, December 24, 2014
 
natal sem pai natal ...

com um menino jesus de encantar
 
https://www.youtube.com/watch?v=gWI1gs0dJYk
 
Wednesday, December 17, 2014
 
agora já é tarde ...
agora nunca é tarde ...
 
" ... ... ...  pois que nos cumpramos ao menos agora até ao fim ... ... ... "

https://www.youtube.com/watch?v=oTipo7y-pC8
 
Monday, December 01, 2014
 
 da independência
 
repôr um feriado, para comemorar a restauração da independência de Portugal em 1640 face ao domínio espanhol, é necessário mas não é suficiente :
 
- não nos liberta   do sufoco da divida e da continua  mão estendida aos empréstimos ...
- não nos liberta da humilhante subserviência ao  dinheiro sujo ..
- não nos liberta do "dogma" do euro ...
- não nos liberta da repetida e esmagadora  partidarite ...
 
 
Tuesday, November 25, 2014
 
uma verdade contra  " pulhíticos " :

"no dia em que eu abandonar  o poder, quem virar os meus bolsos do avesso, só encontrará pó"

Salazar (15.08.1968)
 
 
Wednesday, November 19, 2014
 
acordem os fadistas ... ... ... ....  acordem as guitarras ... ...
 
https://www.youtube.com/watch?v=ZZGWpwzPyyU
 
porque
 
sou do fado !!!
 
https://www.youtube.com/watch?v=lh9YHtZzHfk
 
Monday, November 17, 2014
 
Golegã ...  ... ...
com discreto e inédito charme


Golegã 2013 - Beleza
 
Monday, November 10, 2014
 
homeopatia - um caso surpreendente
 
carta aberta a Carlos Fiolhais
 
Caro colega,
 
O texto assinado por si que saiu no PÚBLICO de 5 de Novembro com o título de “Ciência diluída”

 deixou-me profundamente zangado: o seu ataque à homeopatia não tem pés nem cabeça, é

insultuoso, mentiroso, e demonstra uma ignorância inacreditável porque a homeopatia começa a ser

 levada a sério pela medicina convencional em todo o mundo e há protocolos homeopáticos em uso e

 experimentação pelos mais rígidos e incrédulos cientistas das mais perfiladas instituições académicas e hospitalares.

Houve um dia em que acordei de manhã com um alto no pescoço. Verifiquei com o meu dentista: não

 tinha nada que ver com dentes. Depois fui ao meu otorrino: “O senhor tem uma massa na faringe”.

 Fui fazer um TAC: era um cancro de grau IV – ou seja, letal. Metástases na cadeia linfática, etc.

 Consultei vários oncologistas aqui e ali e até acolá (no estrangeiro): três a quatro meses de vida.  As

armas deles, nucleares (rádio), químicas e convencionais (cirurgia), não se aplicam no meu caso,

 disseram-me com grande honestidade. Só serviriam para atrasar o progresso do cancro... e para me

deixar sem maxilar, com um cateter metido na garganta para poder comer e respirar, além dos habituais vómitos, enjoos, queda de cabelo, etc.

Isto foi no final de Maio de 2012. Há dois anos e meio. Neste intervalo de tempo, escrevi e publiquei

 dois romances, organizei e também publiquei uma colectânea de crónicas, tenho aqui no computador

 mais dois romances acabados e um pequeno livro de contos. Passeei, fui à praia, brinquei com os

meus netos e os meus cães, fiz companhia à minha mulher, estive com amigos, escrevi sobre arte para

 o PÚBLICO. Não me caiu cabelo, não tive vómitos. Em poucas palavras: tenho dois anos e meio de

 qualidade de vida por cima da sentença de morte ditada pelos oncologistas da medicina oficial.

Já toda a gente que estiver a ler esta carta terá adivinhado o que vou escrever a seguir: sim, tenho sido

 acompanhado pela medicina homeopática, os seus tratamentos, os suplementos alimentares que

prescreve e uma revisão radical da minha alimentação. Ninguém me prometeu milagre nenhum.

Estou vivo e activo há dois anos e meio, leu bem Doutor Fiolhais. O conselho que lhe dou é que esteja calado acerca daquilo de que não sabe nada.

Com os melhores cumprimentos
Paulo Varela Gomes (Prof. reformado da Universidade de Coimbra) - Público  8.11.2014

textos relacionados:
http://www.publico.pt/ciencia/noticia/ciencia-diluida-1675128
http://www.ionline.pt/iopiniao/assunto-pseudociencia-na-faculdade-farmacia

 
Wednesday, October 29, 2014
 
informações e reflexões sem o vírus da partidarite ... ... ...
 
http://www.tvi24.iol.pt/opiniao/comentador/medina-carreira/53f657550cf2103fd4492901/videos/1

http://www.tvi.iol.pt/programa/olhos-nos-olhos/4407
 
Monday, October 20, 2014
 
tabacaria

não sou nada
nunca serei nada
não posso querer ser nada
à parte isso
tenho em mim todos os sonhos do mundo
...  ... ...
acendo um cigarro ...
e saboreio no cigarro
a libertação de todos os pensamentos
sigo o fumo como uma rota própria ...
 
http://www.youtube.com/watch?v=0jjE-2FqqpM
 
Thursday, October 16, 2014
 
carta aberta
 
Ninguém me encomendou o sermão, mas precisava de desabafar publicamente. Não posso mais com

 tanta lição de economia, tanta megalomania, tão curta visão do que fomos, podemos e devemos ser

 ainda, e tanta subserviência às mãos de uma Europa sem valores (...).


Torga ( Diário XVI)

 
Monday, October 13, 2014
 
a  " portugalidade "  na boca mercenária de um "guru" da gestão ruinosa :
 
http://www.youtube.com/watch?v=XcnXMyGS0Xo.
 
" quem é sujo, suja o que diz " (Torga)
 
 
 
Tuesday, October 07, 2014
 
nobreza :
 
 
 
D. Carlos
 
Sunday, October 05, 2014
 
da  república e da bandeira
 
 
O observador imparcial chega a uma conclusão inevitável: o país estaria preparado para a anarquia; para a República é que não estava.
 
(...)
 
Bandidos da pior espécie (muitas vezes, pessoalmente, bons rapazes e bons amigos – porque estas contradições, que aliás o não são, existem na vida), gatunos com seu quanto de ideal verdadeiro, anarquistas-natos com grandes patriotismos íntimos, de tudo isto vimos na açorda falsa que se seguiu à implantação do regime a que, por contraste com a Monarquia que o precedera, se decidiu chamar República.
(...)
 
A Monarquia havia desperdiçado, estúpida e imoralmente, os dinheiros públicos. O país, disse Dias Ferreira, era governado por quadrilhas de ladrões. E a República que veio multiplicou por qualquer coisa - concedamos generosamente que foi só por dois (e basta) - os escândalos financeiros da Monarquia.
 
 A Monarquia, desagradando à Nação, e não saindo espontaneamente, criara um estado revolucionário. A República veio e criou dois ou três estados revolucionários.
(...)
 A Monarquia não conseguira resolver o problema da ordem; a República instituiu a desordem múltipla.
 
(...)
 
E o regime está, na verdade, expresso naquele ignóbil trapo que, imposto por uma reduzidíssima minoria de esfarrapados morais, nos serve de bandeira nacional – trapo contrário à heráldica e à estética porque duas cores se justapõem sem intervenção de um metal e porque é a mais feia coisa que se pode inventar em cor.
 Está ali contudo a alma do republicanismo português – o encarnado do sangue que derramaram e fizeram derramar, o verde da erva de que por direito mental devem alimentar-se.
 
" Da República "  Pessoa
 
Monday, September 29, 2014
 
... ...   há, nos meus olhos, ironias e cansaços ... ... ...
 
 
https://www.youtube.com/watch?v=qKyWRJZnu2o
 
 
 
 
 
 
 
Tuesday, September 23, 2014
 
 ... ... ...  na sala , onde tanta gente aguarda , só os olhos gritam  ...


http://www.youtube.com/watch?v=bpcarxaU6D0


 


 
Monday, September 22, 2014
 
interior dois
 
 
 
 
dói-me quem sou.
 
 
Pessoa
 
 
Monday, September 15, 2014
 
interior um

 

 
quanto fui,
 
quanto não fui,
 
tudo isso sou.
 
 Pessoa
 
 
 
 
Monday, September 08, 2014
 
 
 
                                                                  quando eu morrer
                                                                     voltarei para buscar
                                                                              os instantes que não vivi
                                                            junto do mar
 
Sophia
 
Friday, August 29, 2014
 

                                    o mar é a religião da natureza
 
 
 Pessoa    
 
Thursday, August 28, 2014
 
 
 
 
 

M 5 H 0 ... ... .... francamente !!!
 
https://www.facebook.com/video.php?v=10152640113109148&set=vb.668509147&type=3&theater
 
 
 
Saturday, July 19, 2014
 
a diferença entre a " beleza " e a verdade :
 
o relatório e contas 2013 do BES

http://www.bes.pt/sitebes/cms.aspx?plg=a3799953-bb24-4a96-860b-9ebcf88e76ec

http://www.bes.pt/sitebes/cms.aspx?plg=442498ee-f0a2-4274-a621-475026214a74
 
 http://www.bes.pt/sitebes/cms.aspx?plg=132fa536-4873-4168-92ad-2db01b31b666
 
e uma parte ( apenas uma parte ... ) da verdade oculta :
 
http://www.publico.pt/economia/noticia/bes-tem-exposicao-de-1200-milhoes-a-empresas-do-grupo-espirito-santo-1662462
 
Wednesday, June 18, 2014
 
"  fadopiano  "
 
 
https://www.youtube.com/watch?v=Jyn1QojOn7o
 
 
Wednesday, May 07, 2014
 
do amor e da vida ...
 
 
Camille Claudel -A Valsa
a valsa (Camille Claudel)
 
Sunday, April 27, 2014
 
 
           do amor e da morte         
 
quando eu morrer murmura esta canção
que escrevo para ti. quando eu morrer
fica junto de mim, não queiras ver
as aves pardas do anoitecer
a revoar na minha solidão.

quando eu morrer segura a minha mão,
põe os olhos nos meus se puder ser,
se inda neles a luz esmorecer,
e diz do nosso amor como se não

tivesse de acabar, sempre a doer,
sempre a doer de tanta perfeição
que ao deixar de bater-me o coração
fique por nós o teu inda a bater,
quando eu morrer segura a minha mão.
 
Vasco Graça Moura (3.01.1942-27.04.2014)
soneto do amor e da morte, " Antologia dos Sessenta Anos", Ed. Asa, 2002
 

 

 
Friday, April 25, 2014
 
 
Salazar
 
Apesar dos pesares, inteligente, coerente, honesto e modesto, ao contrário de inúmeros "abrileiros " .
 
Thursday, March 27, 2014
 

 
 


 
 
aproveite-se esta transcrição para a audácia de uma moeda nacional ...
 
Friday, February 07, 2014
 
OH  GENTE  DA  MINHA  TERRA  !!!
 
http://www.youtube.com/watch?v=G4cyNK3BW7Q
 
Monday, December 23, 2013
 
Outro  " fado "  no  " nosso fado "
 
http://www.youtube.com/watch?v=IpabZlUqN9k
 
MOLDURA SONORA PARA CERTOS SILÊNCIOS...

ARQUIVO
11/01/2003 - 12/01/2003 12/01/2003 - 01/01/2004 01/01/2004 - 02/01/2004 02/01/2004 - 03/01/2004 03/01/2004 - 04/01/2004 04/01/2004 - 05/01/2004 05/01/2004 - 06/01/2004 06/01/2004 - 07/01/2004 07/01/2004 - 08/01/2004 08/01/2004 - 09/01/2004 11/01/2004 - 12/01/2004 12/01/2004 - 01/01/2005 07/01/2005 - 08/01/2005 10/01/2005 - 11/01/2005 12/01/2005 - 01/01/2006 01/01/2006 - 02/01/2006 02/01/2006 - 03/01/2006 04/01/2006 - 05/01/2006 05/01/2006 - 06/01/2006 08/01/2006 - 09/01/2006 09/01/2006 - 10/01/2006 10/01/2006 - 11/01/2006 12/01/2006 - 01/01/2007 01/01/2007 - 02/01/2007 02/01/2007 - 03/01/2007 04/01/2007 - 05/01/2007 05/01/2007 - 06/01/2007 06/01/2007 - 07/01/2007 07/01/2007 - 08/01/2007 08/01/2007 - 09/01/2007 08/01/2009 - 09/01/2009 09/01/2009 - 10/01/2009 10/01/2009 - 11/01/2009 12/01/2009 - 01/01/2010 07/01/2010 - 08/01/2010 10/01/2010 - 11/01/2010 11/01/2010 - 12/01/2010 12/01/2010 - 01/01/2011 02/01/2011 - 03/01/2011 03/01/2011 - 04/01/2011 04/01/2011 - 05/01/2011 06/01/2011 - 07/01/2011 11/01/2011 - 12/01/2011 12/01/2011 - 01/01/2012 01/01/2012 - 02/01/2012 02/01/2012 - 03/01/2012 04/01/2012 - 05/01/2012 09/01/2012 - 10/01/2012 05/01/2013 - 06/01/2013 12/01/2013 - 01/01/2014 02/01/2014 - 03/01/2014 03/01/2014 - 04/01/2014 04/01/2014 - 05/01/2014 05/01/2014 - 06/01/2014 06/01/2014 - 07/01/2014 07/01/2014 - 08/01/2014 08/01/2014 - 09/01/2014 09/01/2014 - 10/01/2014 10/01/2014 - 11/01/2014 11/01/2014 - 12/01/2014 12/01/2014 - 01/01/2015 01/01/2015 - 02/01/2015 03/01/2015 - 04/01/2015 04/01/2015 - 05/01/2015 09/01/2015 - 10/01/2015 10/01/2015 - 11/01/2015 01/01/2016 - 02/01/2016 02/01/2016 - 03/01/2016 04/01/2016 - 05/01/2016 06/01/2016 - 07/01/2016 07/01/2016 - 08/01/2016 12/01/2016 - 01/01/2017 03/01/2017 - 04/01/2017 04/01/2017 - 05/01/2017 06/01/2017 - 07/01/2017 07/01/2017 - 08/01/2017 10/01/2017 - 11/01/2017 11/01/2017 - 12/01/2017 12/01/2017 - 01/01/2018 01/01/2018 - 02/01/2018 02/01/2018 - 03/01/2018 03/01/2018 - 04/01/2018 04/01/2018 - 05/01/2018 06/01/2018 - 07/01/2018 11/01/2018 - 12/01/2018 12/01/2018 - 01/01/2019 04/01/2019 - 05/01/2019 05/01/2019 - 06/01/2019 06/01/2019 - 07/01/2019 07/01/2019 - 08/01/2019 08/01/2019 - 09/01/2019 10/01/2019 - 11/01/2019 11/01/2019 - 12/01/2019 12/01/2019 - 01/01/2020 02/01/2020 - 03/01/2020 04/01/2020 - 05/01/2020 06/01/2020 - 07/01/2020 07/01/2020 - 08/01/2020


Powered by Blogger

Bravenet.com